:: Aula 01 - O pé e sua influência nas linhas Sen posteriores do corpo

por Diego Marquete

“Teus pés de osso arqueado,

teus pequenos pés duros.

 

Eu sei que te sustentam

e que teu doce peso

sobre eles se ergue.”

(Pablo Neruda)

 

As tenras palavras de Neruda se dirigem a estrutura corporal de sua amada e esta correto o poeta ao afirmar que são eles, os pés, que sustentam o peso do corpo, exigindo um alto trabalho dos músculos posturais e resistência dos tecidos miofasciais. 

Na Tailândia os pés recebem  grande importância por estarem conectado com a terra, da qual obtém energia vital que é utilizada nas funções físicas, mentais e psicoespirituais diárias. É na sola dos pés, que Kalathari, uma das dez principais linhas Sen no sistema tailandês se ramifica em cinco linhas, cada uma indo em direção a um dos dedos, semelhante ao que ocorre com a fáscia plantar, quando analisamos anatomicamente o pé. 

Além disso, na sequência inicial de thai massagem ensinada por minha escola, quando realizamos as quatros linhas no dorso do pé e circulamos os dedos pela lateral do mesmo, abordamos a banda lateral do pé, tecido conjuntivo de grande importância por auxiliar no sustento da estrutura e sua arcada.

O estímulo nas cinco linhas do pé e na banda lateral influencia os tecidos conectados acima, não somente ao longo da linha Sen Kalathari mas também outros “meridianos” do sistema tailandês como as linhas posturais (muito influenciadas pelo pé) Ittha e Pingkhala que se encontram com Kalathari próximo ao joelho.

As linhas Ittha e Pingkhala descem pela lateral da coluna e contornam o joelho posteriormente subindo pela frente da coxa. É uma linha influenciada pela nossa postura e  quando em harmonia fornece extensão a coluna e costas livres de dor.

Ao nascer a posição do bebê é em uma flexão da coluna. Aos poucos os músculos se tornam mais fortes, e as linhas das costas se encurtam para dar assim a ele a extensão. Convém lembrar que Ittha e Pingkhala se conectam à emoção advinda do medo e é interessante o análogo entre perder o medo e erguer-se. 

As tensões, sejam elas boas ou más, tendem a ser transmitidas aos pés e a superfície plantar do pé (sola). A sola do pé é uma região que se relaciona comumente a problemas como: isquiotibiais tensos, lordose lombar e até mesmo hiperextensão das vértebras cervicais posteriores. Repetitiva tensão nos pés pode ocasionar problemas como o surgimento de uma inflamação conhecida pelo nome de fascite plantar e, a abordagem de um pé tenso deve observar a banda lateral, a fáscia plantar ou cinco linhas e o tendão do calcâneo que se liga a fáscia na região calcânea. Abordar outras regiões como cervical, lombar e isquiotibiais citados acima pode surtir efeitos na saúde dos pés, porém, abordar o pé também surtirá efeitos no restante do corpo. Não estou falando aqui dos pontos reflexos, os quais abordaremos em outro texto, ou das inervações no pé e relação com órgãos e outros grupos musculares, mas sim,  da conexão existente entre a sola do pé e sua influência na linha que passa pela parte posterior do corpo.

Para estimular a postura, bem como a aliviar a tensão existente nos pés, joelhos, quadril, lombar costas e músculos suboccipitais o terapeuta pode seguir passos básicos da thai massagem focando em: 1. liberar a fáscia plantar incluindo a banda lateral – O que se consegue não somente trabalhando as cinco linhas e quatro linhas na sequência da thai massagem, mas também executando o simples PP1; 2. Liberar o tendão do calcâneo, gastrocnêmio e sóleo – feito até mesmo no PP1; 3. Mobilizar a articulação subtalar, isto é: movimentar o calcâneo para frente do tarso (pé), o que é feito através de manobra de inversão e eversão, outra vez conseguida até mesmo quando realizamos o famoso PP1 em nossos cursos.

Através do PP1, cinco linhas, quatro linhas no pé, inversão e eversão do pé, abordamos a fáscia plantar, a banda lateral, a articulação subtalar, o tendão do calcâneo, gastrocnêmios e sóleo diminuindo as tensões sobre o pé, estrutura por Neruda em sua amada. Os efeitos então se propagam facilmente pela parte posterior do corpo, influenciando joelho e quadril graças principalmente a diminuição das tensões na panturrilha e posterior da coxa. Irá se perceber também alívio na lombar, costas e até mesmo occipital, onde reside muitas das dores de cabeça. Neruda estava certo em contemplar tão carinhosamente os pés, neles residem a chave para tratar inúmeras disfunções.

 

Texto Complementar 1 de 10 da Aula do Curso de Reflexologia Tailandesa – Analisando a influência do pé nas linhas Sen e equilíbrio do corpo.  Para acessar cursos e conteúdos acesse o site www.diegomarquete.com

Este texto é acompanhado de explicação em aula presencial e em vídeo-aula que será brevemente disponibilizado em nosso site.

Sen Kalathari . Parte do umbigo para os ombros e desce até as mãos em cinco linhas.

Do umbigo também parte para os pés onde se ramifica em cinco linhas cada uma indo para um dos dedos.

Sen Ittha e Pinghala - Linhas posturais que são influenciadas pelo alinhamento dos pés, tônus da planta do pé e estado das articulações seja do tornozelo bem como joelho, quadril e cervicais.

PP1 - Movimento básico na sequência de thai massagem. Pressões palmares com ambas as mãos ao mesmo tempo uma em cada um dos pés em três pontos do pé: 1.Retro-pé (próximo calcanhar e rente ao maléolo) - 2.médio-pé (meio do pé) e 3.ante-pé, abaixo dos dedos e volta . 1 - 2 -3 -2 -1 

Após isto terapeuta realiza pressões nos mesmos pontos porém intercalando. Primeiro um lado depois o outro e assim sobe pela perna, circula joelho e sobe até a coxa. Retorna com as pressões intercaladas para cada lado e novamente realiza pressões intercaladas no pé e finaliza com pressões simultâneas em ambos os pés 1 - 2 -3 -2 -1

Além do movimentto de PP1 nopé trabalhar a articulação subtalar, outro movimento como o de inversão e eversão também libera esta articulação influenciando os músculos posturais da parte posterior do corpo. O resultado desta atuação no pé é a melhora da postura, relaxamento da musculatura e bem-estar geral.

© 2011 -  DIEGO CARLOS MARQUETE - Todos os direitos reservados.
É permitida a reprodução de conteúdos deste site desde que seja citado a fonte e o autor.

SIGA-NOS:

  • YouTube
  • Instagram
  • w-facebook
  • Twitter Clean