As ervas medicinais do mercado chinês e suas propriedades


A medicina herbal desempenhou um importante papel na história das diversas culturas. O homem aprendeu desde muito cedo a buscar ajuda para seus males na natureza, obtendo dela auxílio e cura para diferentes doenças. A sabedoria adquirida e repassada através das gerações permanece viva até hoje, sendo comum à qualquer povo o conhecimento de remédios à base de ervas e a consulta aos mais velhos quanto ao uso de plantas medicinais.

Nos dias atuais, o desejo por escolhas mais saudáveis vem contribuindo no processo de evitar os medicamentos sintéticos e no retorno à consulta aos avós acerca de plantas curativas.

Na Tailândia a farmácia muitas vezes está na mesa, na comida e no chá servido após a refeição. As plantas além de estarem presentes na culinária como temperos e nas infusões, servem também para uso em compressas, esfoliantes, emplastos e entre as principais, listo algumas destacadas pelo professor Thanakrit durante minhas aulas pelo mercado de ervas em Chiang Mai.

1. ACÁCIA SIAMESA – Atuante sobre o elemento fogo, a acácia siamesa combate constipação, suas folhas podem ser combinadas na alimentação. É comum o emprego para tratar insônia e aumentar o apetite. A casca dos frutos de acácia é usada em misturas de ervas para diminuir os efeitos adversos de outras plantas. As sementes são utilizadas no norte da Tailândia na água benta dos monges, pois, segundo os asiáticos a acácia remove as energias negativas. Seu emprego deve ser evitado em casos de diarreia.

2. ALHO – Diminui tosse, expectorante, auxilia na digestão, diminui gases intestinais, tônico para imunidade e disposição, combate parasitas intestinais. Deve ser evitado caso haja flatulência e em pessoas com colesterol elevado. Comum seu emprego na alimentação, e nas comunidades tailandesas também é utilizado dentro de panos de algodão e colocado sobre a testa das crianças com o intuito de diminuir estados de febre. O uso tópico da mesma é combinado com outras plantas maceradas, mergulhada em álcool por um período de um dia.

3. BANANA VERDE – Diminui diarreia e a casca é utilizada para auxiliar na cicatrização de feridas. Deve ser evitada em casos de constipação. Empregada na alimentação.

4. CAPIM-LIMÃO – Tratamento da supressão urinária, auxilia na digestão, diminuição da pressão arterial, reduz febre e dor estomacal além de diminuir flatulência. O tronco da planta é indicado em casos de asma, eliminação de líquidos e diminuição de odor. O uso do capim-limão pode ser através de chás, macerado e utilizado em compressas de ervas (thai herbal), banhos, escalda-pés, esfoliantes, emplastos, misturado a álcool e outras ervas e usado também como cremes corporais.

5. CÚRCUMA – Considerada a rainha das plantas na Tailândia, a cúrcuma é um poderoso anti-inflamatório, com ação cicatrizante, utilizado para infecções na pele como acne e lesões ou coceira por picadas de insetos. Combate conjuntivite e auxilia as glândulas lacrimais na irrigação dos olhos. É muito utilizada na estética de diversas culturas da Ásia para prevenir a pele dos efeitos nocivos da exposição prolongada ao sol, combate radicais livres, sendo sal uso um método antienvelhecimento, com propriedade de clarear manchas e manter o aspecto jovem da pele. Sua utilização pode ser através da culinária, adicionando pitadas da raiz ralada aos alimentos, ou em compressas de ervas (thai herbal), emplastos, esfoliantes, embebida em álcool e misturada a outras ervas.

6. GENGIBRE – Tratamento da tosse, náusea, vomito, flatulência. Levemente cozido no óleo auxilia a musculatura lisa além de sua ingestão contribuir como tônico para o organismo. Utilizado para tratar artrite e dores musculares, é comumente encontrado em balms e pomadas. O gengibre é um estimulante do elemento vento, estimulando o coração e os vasos sanguíneos. Sua ingestão diminui enjoos, náuseas e combate infecções bacterianas e parasitas. Além do emprego através da alimentação, é comum em compressas, esfoliantes, misturado a outras ervas e álcool, pomadas e balms.

7. JASMIM – Indicado para rouquidão, bronquite, cólicas do período gestacional e distúrbios emocionais como depressão.

8. LIMÃO – As sementes do limão são utilizadas para afetar o elemento vento, promovendo movimento intestinal e melhora da circulação. As folhas são muito utilizadas para problemas respiratórios assim como o líquido, através de inalação de vapor. Na Tailândia o limão kaffir é muito empregado na medicina herbal, seu líquido, folhas e cascas são adicionados a alimentos. A casca é muito empregada em tratamentos capilares, adicionada em balms para diminuir dor muscular e pomadas indicadas para mordidas de insetos.

9. MANJERICÃO – Existem na Tailândia diferentes tipos de manjericão. As propriedades porém se assemelham por serem pertencentes a mesma família. É utilizado como antisséptico, anti-inflamatório e no tratamento de úlceras no estômago. Sua utilização não é recomendada para pacientes diabéticos ou mulheres que estiverem amamentando.

10. TAMARINDO – suas folhas são utilizadas para tratar tosse e resfriados. A polpa é indicada para prisão de ventre e as sementes fervidas possuem efeito de laxante.

11. PEPINO AZEDO – Auxilia na melhora da função do fígado, aumenta apetite e contribui para diminuir a dor oncológica. Atua sobre o elemento fogo, diminuindo o calor interno. Seu principal uso é na alimentação e no emprego da casca em balms.

12. PLAI – Conhecido como o “Rei das ervas”na Tailândia a planta cresce na estação chuvosa e é utilizado como cicatrizante, remédio para dores musculares, cicatrizante. As flores são utilizadas na alimentação e em chás com objetivo de tratar ulceras, remover fluídos sanguíneos e auxiliar o ciclo menstrual. O tronco é utilizado para tratar constipação e equilíbrio dos elementos do corpo. A raíz tem o maior uso medicinal sendo empregada para dores intestinais, dor de dente, febre, problemas de pele e feridas. Misturado ao álcool suas propriedades antissépticas, anti-inflamatórias e analgésicas são extraídas e aplicadas sobre a pele. Seu uso pode ser através de balms, pomadas, na alimentação, extração do líquido diretamente da raiz, unguentos e em compressas.

#thaiHerbal #MedicinaTradicionalTailandesa #advancedthaimassage #THAIYOGAMASSAGEM #itmthaimassage #ThaiMassagem #thaiherbal #MEDICINANATURAL #MEDICINATHAI

71 visualizações

© 2011 -  DIEGO CARLOS MARQUETE - Todos os direitos reservados.
É permitida a reprodução de conteúdos deste site desde que seja citado a fonte e o autor.

SIGA-NOS:

  • YouTube
  • Instagram
  • w-facebook
  • Twitter Clean